parada gay

Trepei na parada gay

Eu não sabia que seria tão gostoso ir à Parada Gay.

Me chamo Victor Hugo, tenho 25 anos, sou branquinho, olhos castanhos, cabelos lisos e moro em uma cidadezinha do interior. Mesmo já não sendo mais um menino, nunca tive uma opção sexual formada. Acho que isso se deve ao fato de eu ser um garoto pacato, ter que assumir meu lado homossexual perante minha família, seria bastante complicado!

Bom, mas o que quero relatar aqui, foge de tudo que já passei até hoje! Foi a experiência mais maluca que já vivenciei e a partir de agora vou relatar a vocês como perdi totalmente a estribeira…

Tudo começou em uma de minhas noites solitárias… Aos sábados eu costumava ficar trancado no quarto, navegando na internet. Foi quando eu achei em um website gls, alguns vídeos da Parada Gay, aquela que rola lá na Avenida Paulista, em São Paulo.

A partir de então, eu fiquei pensando como seria bom se eu pudesse aproveitar das delícias e bagunças que rolam nesse evento. Longe de casa e em volta de um monte de pessoas desconhecidas, enfim eu poderia ser eu mesmo!

Marquei na agenda a data do próximo evento, comprei minha passagem e embarquei nessa viagem! Chegando lá, fiz o que todo bom “novato” faria, comecei a encher a cara pra ficar desinibido. Foi num momento desses, em que eu estava dançando, bebendo e seguindo o fluxo que eu avistei, logo ali do meu lado, um rapaz másculo e atraente.

Tudo estava perfeito, e só tendia a melhorar cada vez mais!

Quer saber o que foi que eu fiz no resto do meu dia na parada gay?
Clique na imagem e leia o conto inteiro…

Parada Gay

contos-hentaigay

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.