excursão com o novinho

Excursão com o novinho

Essa excursão com o novinho foi a melhor

Excursão com o novinho – Vamos a mais um conto…. O ano foi de 2013 eu estava com 25 anos. Era uma excursão pra praia do aterro do Flamengo, estávamos todos no clima e no meio deste povo eu avistei a minha vítima… E com certeza eu ía fazer de tudo pra provar daquele garoto.

Eu já estava de olho nele há muito tempo… 18 aninhos, moreno da cor do pecado e com um corpo delicioso. Sem contar com a rola de 20cm, grossa e cheia de veias (fui saber disso só mais tarde).

Antes de sairmos, a gente já estava bebendo e eu fiquei só de longe, fitando ele. Num determinado momento fiz sinalsexo gay com novinho, chamando ele pra ir a um canto, que queria falar com ele… Ele sem entender nada, veio até mim e eu já joguei a real.

-Deixa eu te chupa agora?!
-Sei que você quer isso e garanto que irá gostar?

Ele pensou e resolveu deixar… Não perdi tempo, coloquei aquele pauzão pra fora e comecei a chupar quem nem um bezerro desmamado. E ele gemia de tesão!

-Precisamos voltar, ele disse!
-Vamos, mas quero continuar lá na praia!
-Lá continuaremos… Adorei esse boquinha!

Naquele dia a sorte estava ao meu favor! Chegando lá ele se sentou e ordenou que eu o chupasse, de maneira intensa! Minhas mãos e boca foram só trabalhando naquele cacete enquanto ele se contorcia na poltrona, sem pode gemer, kkk.

Foi a viagem toda assim. Ao chegar na praia, esperamos um pouco… quando vi ele indo no banheiro fui atrás e já entramos no reservado. Não perdi tempo sentei no vaso e ele em pé colocou aquela piroca já dura como pedra pra fora e meteu na minha boca e nesse momento nós fudemos com violência. Chegou sair lágrimas dos meus olhos.

Ele fudia minha boca como uma buceta, mas não podíamos demorar.

-Vai, me fode… Me come gostoso!!!

Virei de costas pra ele e o macho não perdeu tempo, cuspiu na mão, passou no pau e na portinha do meu cú e enfiou tudo de uma vez. Eu vi estrelas nessa hora e como não podia gritar, segurei e ele esperou um pouco pra começar o vai e vem frenético. Gozei sem toca no pau e em seguida ele encheu meu cuzinho de porra. Se limpou, me deu um beijo!

-Delicia de cuzinho, vou querer repetir!
-Vou na frente depois vc sai.

Se gostarem desse conto, comentem e votem… Porque tem mais aventuras com esse gatinho que na época só dia 18 aninhos, mas já sabia fuder um cú.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.